Entrevistas em Inglês: Saiba como se preparar

Compartilhar

Fazer entrevistas em Inglês é sempre uma situação estressante, pois adiciona uma camada se complexidade: ter nossa performance avaliada em uma segunda língua. 

Por haver tantas diferenças, um preparo mais intenso e detalhado, acompanhado de prática constante se faz necessário para a conquista da job offer na sua área de atuação.

Abaixo revelo o que você deve preparar antecipadamente. São pontos que não podem faltar e que certamente irão fazer com que você se destaque dos demais candidatos:

  • 1: Inicie agradecendo rapidamente o entrevistador pela oportunidade de entrevistar com a empresa.
  • 2: Dê uma visão geral de como seu histórico, experiências e habilidades se encaixam especificamente nos requisitos da função.
  • 3: Organize suas experiências técnicas em categorias ou dimensões. Esteja preparado para explicar claramente o que você fez (a tarefa, desafio, projeto), como o fez (métodos, estratégias, processos, habilidades) e quais resultados você entregou em cada dimensão (por exemplo, design, desenvolvimento, implementação, suporte).
  • 4: Por que você deseja trabalhar para a empresa na qual está entrevistando.
  • 5: Seus objetivos de carreira e valores.
  • 6: O maior desafio que você enfrentou e como o superou.
  • 7: Algo que você criou/desenvolveu do zero.
  • 8: Um processo que você melhorou.
  • 9: Um conflito que você resolveu.
  • 10: Um método que você utiliza para priorizar e gerenciar seu tempo.
  • 11: Como você garante uma comunicação eficaz com diferentes partes interessadas.
  • 12: Uma tarefa ou projeto que você assumiu além do seu escopo de responsabilidades.
  • 13: Um projeto que você liderou.
  • 14: Uma meta alcançada como equipe.
  • 15: Um erro que você cometeu e o que aprendeu com ele.
  • 16: Uma habilidade na qual você está trabalhando para desenvolver.
  • 17: As principais habilidades que você traz para a equipe ou organização.

A melhor técnica

Apesar da técnica STAR ser mais conhecida, nós utilizamos a técnica CAR, por entregar o mesmo valor de forma mais simples e fácil de ser utilizada. 

Treinar o seu cérebro para usar essa técnica é fundamental para tornar sua comunicação mais estruturada e objetiva, oferecendo exatamente o tipo e a quantidade de informação relevante para o entrevistador.

A técnica é simples, basta você articular suas estórias de sucesso iniciando pelo C (Context or Challenge), depois A (action), e depois R (Results). 

Articulando Métodos

Outro ponto que os Norte Americanos apreciam muito nos candidatos é quando eles aplicam métodos comprovados na execução do trabalho ou desenvolvimento de habilidades.

Por exemplo, existem métodos específicos para análises e tomada de decisão (e.g., SWOT, First Principles, Pareto Analysis, Root Cause Analysis, etc.), gestão de conflitos (e.g., non-violent communication), oferecer feedback (e.g., SBI, GROW, Sandwich method, etc), gestão do tempo (e.g., Eisenhower matrix, Pomodoro technique, etc.).

Pesquise tais métodos relacionados as principais habilidades para sua posição e articule como você os aplicou em situações específicas. Isso é importante pois demonstra para a empresa que você possui conhecimentos mais avançados, é consistente e intencional na sua abordagem e comportamentos.

Próximos Passos

Nós temos uma equipe de especialistas que pode ajudar nesse preparo. É importante que você receba as orientações corretas, possa treinar para entrevistas de forma sistemática, e receber feedback honesto para elevar a sua performance para um outro nível.

Conheça nossa página de serviços e entenda como podemos te apoiar através do CPP – Canadian Career Program e do ISEL – programa intensivo de Inglês para Entrevistas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

21 − = 12